Skip to main content
Idioma do Curso: Inglês

EHN – Rede Europeia de Artesãos

Data de Início: 19 de julho

Sobre este Curso

Bem-vindo à “EHN – Rede Europeia de Artesãos”!

Este projeto financiado pelo Erasmus+ tem como objetivo promover o autoemprego dos artesãos e o empreendedorismo feminino, juntando-se à missão de aumentar os níveis de emprego e a autonomia económica das mulheres europeias.

O projeto está a construir uma ampla rede de artesãos ao reunir 5 artesãs de Itália, Polónia, Portugal e Países Baixos, que estão a oferecer a sua experiência profissional de longa data no setor àquelas que começaram recentemente a operar nesta prática ou àquelas que querem transformar o seu negócio artesanal caseiro num emprego.

Junte-se a nós na nossa plataforma e veja as Masterclasses para conhecer melhor as mentoras que vão acompanhar o seu progresso como artesã.

O projeto baseia-se na ideia de que relações diretas, interativas e pessoais entre as 5 artesãs experientes e as mulheres que querem ser formadas trazem mais valor acrescentado para o futuro dos negócios femininos.

Assim, nada de aulas prefixadas e gerais, mas sim interações ao vivo, práticas e presenciais!

O projeto planeia selecionar 5 mulheres artesãs dos seguintes países: Itália, Países Baixos, Polónia e Portugal, que irão:

  • participar em sessões gratuitas de mentoria ao vivo (4 horas por mulher selecionada) com a especialista feminina do seu próprio país (mentoria disponível durante fevereiro e abril de 2023)
  • participar na convenção de mentoria EHN na Polónia em abril de 2023 com especialistas do setor artesanal (todas as despesas de viagem e alojamento cobertas)

Não perca esta oportunidade!

Objetivo Principal

O projeto propõe a criação de uma plataforma digital e de um evento presencial que permita às artesãs europeias apoiarem-se mutuamente, estabelecerem redes de contacto e serem mentoradas por especialistas femininas com longa experiência no setor do artesanato, de forma a aumentar as suas competências e transformar o seu hobby num micro-negócio.

O projeto visa criar um modelo de apoio mútuo entre mulheres, tanto físico como virtual, em que as relações, o apoio mútuo e o networking são as palavras-chave.

Chiara Lorenzetti (Creativi108)

Restauro de Arte Desde 1991

Chiara Lorenzetti, restauradora, iniciou a sua carreira artística em 1991. Depois de frequentar o Instituto de Arte e Restauro “Palazzo Spinelli” em Florença, abri a minha loja Chiaraarte em Biella, na histórica loja de antiguidades do meu pai, na Via Cernaia. Há alguns anos, após o encerramento da loja do meu pai, mudei-me para a Via Novellino 16, em Biella Chiavazza. Trabalho com restauros conservativos e estéticos em objetos de arte cerâmica: porcelana, grés, terracota; gesso, marfim, cera, papel machê.

Laboratório especializado na restauração de bonecas antigas. Restauração de objetos em madeira policromada e dourada, estátuas e molduras. Conhecimento específico em restauração tradicional japonesa Kintsugi: sou uma das poucas restauradoras na Europa a usar a técnica japonesa original Kintsugi em cerâmicas. Durante o ano, realizo workshops e conferências sobre: “Kintsugi, a arte de reparar com ouro”. Excelência artesanal da Região do Piemonte desde 2007. Restauradora colaboradora, técnica de restauro com decreto n. 38 de 23/03/2016 do Diretor Geral MiBACT Educação e Pesquisa.

Małgorzata Jeżewska (INBIE)

Especialista em Horticultura

Especialista em horticultura qualificada, com ampla experiência e entusiasmo para compartilhar a minha paixão. Durante muitos anos, de forma privada, e agora profissionalmente, estive envolvida na floricultura e em trabalhos manuais com a utilização de composições florais. Em 2022, juntamente com uma amiga que é florista profissional, fundei a florista “tqka marzeri”. Anteriormente, estive envolvida em pequenos projetos e na decoração com arranjos florais, incluindo igrejas, salões de casamento, comunhões, entre outros.

Iwona Czaplicka (ECM)

Joalharia Artística – Feita à Mão

Tudo começou com a minha mãe, que há anos começou a costurar roupas usando linho. Assim, sempre estive ligada a um produto natural. Estar em contacto com materiais naturais e com pessoas que criavam designs bonitos com ênfase na naturalidade levou-me a criar algo que se integrasse com o que eu já conhecia. A minha joalharia é criada por uma paixão pela beleza natural. Comecei com pequenas coisas, criando joias para mim e para amigos, e logo o meu trabalho foi apreciado pela minha família e amigos, então decidi expandir o meu negócio.

Živile Navikiene (S.A.F.E.Projects)

Especialista em Educação de Jovens/Adultos

Živile Navikiene tem mais de quinze anos de experiência na área da educação, atuando como CEO em empresas, organizações sem fins lucrativos, oficial de relações internacionais, avaliadora, gestora de projetos, líder juvenil e especialista nacional/internacional no campo da educação de jovens/adultos. Nos últimos anos, tem trabalhado como mentora para mulheres migrantes e consultora. Como CEO de uma empresa social, demonstrou suas habilidades em design organizacional bem-sucedido, gestão de projetos e programas, administração, coaching, mentoria e formação. Seus colegas de trabalho a descrevem como uma aprendiz rápida, muito confiável, orientada para o serviço e uma líder nata.

Célia Macedo (Universidade Lusófona)

Artesã de Cerâmica

Artesã de cerâmica feita à mão com base em Montemor-o-Novo, Alentejo (sul de Portugal). Célia Macedo, artesã dedicada à produção de artesanato cerâmico inteiramente feito à mão, utilizando a roda de oleiro. Define o seu trabalho como “Cerâmica tradicional, para a vida moderna”. O design das cerâmicas é inspirado na tradição artesanal da região, mas direcionado para usos mais contemporâneos. A alta qualidade e a pertença nacional dos produtos são dois dos pilares do seu trabalho. Pretende ter uma marca que represente um produto 100% português, utilizando apenas material português de alta qualidade.

Não nasceu artesã. Estudou arquitetura e obteve um Mestrado e um Doutoramento em Inglaterra. Trabalhou na Universidade como investigadora e professora durante 12 anos. Em 2016, teve a primeira aula de cerâmica enquanto estava em Inglaterra. Começou como um hobby, mas depois o desejo de se concentrar apenas na produção de cerâmica cresceu a tal ponto que ter um emprego a tempo inteiro se tornou incompatível. Transformou a sua paixão num trabalho a tempo inteiro em 2019. Agora, criou uma empresa de cerâmica bem-sucedida, dirigida unicamente por ela em todos os aspetos, desde a produção até aos aspetos burocráticos, desde as relações com clientes nas redes sociais até às tarefas da loja física.